Z
A
I
L
D

Marcelo Krause

Marcelo Krause é fotógrafo profissional especializado em fotografia submarina e natureza desde 1998. Nesse período escreveu e fotografou mais de 50 artigos para revistas especializadas na área no Brasil, dentre elas Revista Mergulho, National Geographic Brasil, BBC Wildlife Magazine, Náutica, Iate Life, Nossa História, Terra da Gente, Revista Scuba, etc. Contribui também com diversos web sites e revistas digitais.
Lançou em 2004 um livro próprio sobre a ilha de Fernando de Noronha, considerado até hoje um dos melhores trabalhos fotográficos sobre a ilha. Em 2012 lançou o livro “Mares Tropicais” como fotografias submarinas de vários lugares ao redor do mundo. Em 2014 lançou os livros “Pernambuco Terra e Água” e Pantanal Terra e Água”. Esse último ganhou o Prêmio Fernando Pini de melhor livro de arte e cultura do Brasil de 2014 e foi finalista do Prêmio Jabuti em 2015. Em 2015 lanço o livro “Aves do Paraná Vol1”. Também participou com fotos em vários livros de diversos autores.
Foi Campeão Brasileiro de Fotosub em 2006, e representou o Brasil no Campeonato Mundial de Fotosub em 2007, ficando com a oitava colocação geral, melhor resultado obtido por um fotógrafo brasileiro até hoje. Realizou diversas exposições solos e coletivas, dentre elas ”Brasil Submarino” com mais de 40 fotos, “Ecossistemas Aquáticos” patrocinado pela Itaipu Binacional e “Antes que a Natureza Acabe” pela AFNATURA/IBAMA.
Ganhou em 2009 o primeiro e terceiro lugar no concurso Avistar, maior e mais importante concurso fotográfico de aves no Brasil, alem de ter obtido várias menções honrosas em todos os outros anos que participou. Ganhou em 2010 o primeiro lugar da categoria profissional do prestigiado concurso da Fundação SOS Mata Atlântica. Uma de suas fotos foi nomeada como Highly Commended no concurso da BBC Wildlife Photographer of The Year 2010, o qual recebeu mais de 31.000 fotos de fotógrafos de 86 países diferentes. O concurso é o considerado o “Oscar” da fotografia da natureza. Em 2011 se tornou o primeiro brasileiro em 38 anos a receber um prêmio do Festival Mondial de L'image Sous-marine, realizado na França. O festival premia fotos, livros e filmes ligado ao tema subaquático. Em 2016 foi finalista da na categoria “Aquatic Life” do BigPicture: Natural World Photography organizado pela California Academy of Sciences. Foi Selecionado como finalista para o livro Panobook edição 2016, este livro reúne as melhores imagens panorâmicas do mundo, organizado pela Kolor/GoPro.
Contribui com diversas ONGs e projetos de preservação da natureza, como Meros do Brasil, Tamar, Protuba, Ecoplan, ICMBio, Reserva do Arvoredo entre outros.

Marcelo Krause é fotógrafo profissional especializado em fotografia submarina e natureza desde 1998. Nesse período escreveu e fotografou mais de 50 artigos para revistas especializadas na área no Brasil, dentre elas Revista Mergulho, National Geographic Brasil, BBC Wildlife Magazine, Náutica, Iate Life, Nossa História, Terra da Gente, Revista Scuba, etc. Contribui também com diversos web sites e revistas digitais.
Lançou em 2004 um livro próprio sobre a ilha de Fernando de Noronha, considerado até hoje um dos melhores trabalhos fotográficos sobre a ilha. Em 2012 lançou o livro “Mares Tropicais” como fotografias submarinas de vários lugares ao redor do mundo. Em 2014 lançou os livros “Pernambuco Terra e Água” e Pantanal Terra e Água”. Esse último ganhou o Prêmio Fernando Pini de melhor livro de arte e cultura do Brasil de 2014 e foi finalista do Prêmio Jabuti em 2015. Em 2015 lanço o livro “Aves do Paraná Vol1”. Também participou com fotos em vários livros de diversos autores.
Foi Campeão Brasileiro de Fotosub em 2006, e representou o Brasil no Campeonato Mundial de Fotosub em 2007, ficando com a oitava colocação geral, melhor resultado obtido por um fotógrafo brasileiro até hoje. Realizou diversas exposições solos e coletivas, dentre elas ”Brasil Submarino” com mais de 40 fotos, “Ecossistemas Aquáticos” patrocinado pela Itaipu Binacional e “Antes que a Natureza Acabe” pela AFNATURA/IBAMA.
Ganhou em 2009 o primeiro e terceiro lugar no concurso Avistar, maior e mais importante concurso fotográfico de aves no Brasil, alem de ter obtido várias menções honrosas em todos os outros anos que participou. Ganhou em 2010 o primeiro lugar da categoria profissional do prestigiado concurso da Fundação SOS Mata Atlântica. Uma de suas fotos foi nomeada como Highly Commended no concurso da BBC Wildlife Photographer of The Year 2010, o qual recebeu mais de 31.000 fotos de fotógrafos de 86 países diferentes. O concurso é o considerado o “Oscar” da fotografia da natureza. Em 2011 se tornou o primeiro brasileiro em 38 anos a receber um prêmio do Festival Mondial de L'image Sous-marine, realizado na França. O festival premia fotos, livros e filmes ligado ao tema subaquático. Em 2016 foi finalista da na categoria “Aquatic Life” do BigPicture: Natural World Photography organizado pela California Academy of Sciences. Foi Selecionado como finalista para o livro Panobook edição 2016, este livro reúne as melhores imagens panorâmicas do mundo, organizado pela Kolor/GoPro.
Contribui com diversas ONGs e projetos de preservação da natureza, como Meros do Brasil, Tamar, Protuba, Ecoplan, ICMBio, Reserva do Arvoredo entre outros.