Z
A
I
L
D

Eva Soban

EVA SOBAN é graduada em sociologia e política e ao longo de sua vida fez cursos livres em fotografia e artes plásticas. Iniciou seu envolvimento com o universo das artes através da fotografia e da pintura. Porém, o seu desejo inato de trabalhar com as mãos e o seu interesse em pesquisar a fundo o tecer (ato primordial do homem), fez com que substituísse a câmera e os pincéis pelos fios e pelas tramas. Mas não da forma como eram usados habitualmente. Ela abriu novas possibilidades para as mídias flexíveis, criando trabalhos esculturais e tridimensionais de fibra, que ajudaram a tirar o engessamento das categorias artísticas existentes na época.

Sua abordagem diversificada aos têxteis, usada como veículo de sua criatividade, a coloca entre as mais interessantes artistas atualmente. Ela explora materiais inusitados e novas formas, trazendo um vigor renovado à sua criação artística e à arte em geral.

Entre as exposições fora do Brasil, se destacam:

Bienal Internacional de Arte Têxtil – Madrid, Espanha – 2019.
“TraMares” – Centro Cultural Casa Brasil – Madrid, Espanha – 2019.
Bienal Internacional de Arte Têxtil – Montevideo, Uruguai – 2017.
“Parola Pax” – Fondazione Campana Caduti – Rovereto, Itália – 2014.
“Violeta” – Centro Cultural Recoleta – Buenos Aires, Argentina – 2012.
Bienal Internacional de Arte Têxtil – Cidade do México, México – 2011.
“Projeto Empezar” – Barcelona, Espanha – 2010.
“Arte Têxtil do Brasil” – Museu nacional do Traje – Lisboa, Portugal – 1996.
“A View of Today’s Brazilian Textile Art” – Museu Rudentarn – Copenhagen, Dinamarca – 1995.
Exposições em Museus Brasileiros:
“Floresta Negra” – Museu Afro Brasileiro – São Paulo, Brasil – 2016.
“Floresta Negra” – Museu de Arte de Joinville – Joinville, Brasil – 2016.
“Por um Fio” – Museu de Arte de Joinville – Joinville, Brasil – 2015.
“500 Anos de Design no Brasil” – Pinacoteca do Estado – São Paulo, Brasil – 2001.
“100 Designers do Brasil“ – Pinacoteca do Estado – São Paulo, Brasil – 1999.
1ª, 2ª e 3ª Trienal de Tapeçaria no Museu de Arte Moderna MAM – São Paulo, Brasil – 1976, 1979, 1982.
*Onde foi premiada em 1979.
Exposição de Arte Lúdica MASP – São Paulo, Brasil – 1979.
1ª Mostra Brasileira de Tapeçaria do Museu de Arte Brasileira – São Paulo, Brasil – 1974.

Outras Exposições:
“Arte da Lembrança, Memórias de um Futuro” – Galeiai Bianca Boeckel – São Paulo, Brasil – 2020.
“Contemporâneo” – Exposição Internacional de Arte Têxtil – São Paulo, Brasil – 2017.
“O Modernismo Brasileiro” – Galeria Passado Composto – São Paulo, Brasil – 2016.
“Tenet Tecendo na Net” – A Casa Museu do Objeto Brasileiro – São Paulo, Brasil – 2011, 2012, 2013.
Mostra Internacional de Arte Contemporânea – Paraty, Brasil – 2011.
“Á Deriva” –Galeria O´Barco – São Paulo, Brasil – 2011.
“O Ato e o Fato” – Anima di Sophia – São Paulo, Brasil – 2010.
“Artesãos do Brasil” – FAAP – São Paulo, Brasil – 2000.
Exposição na Galeria Arte Aplicada – São Paulo, Brasil – 1977.

Outras Atividades:

Criação e curadoria da Exposição TraMares – Casa do Brasil – Madrid, Espanha – 2019.
Juri da Bienal Internacional de Arte Têxtil Contemporânea – Madrid, Espanha – 2019.
Professora de Projeto Têxtil no Instituto Europeo de Design – São Paulo, Brasil – 2013
Diretora cultural do Centro Brasileiro de Tapeçaria Contemporânea – São Paulo, Brasil – 1979/1981
Convidada pela Santista Têxtil criou peça conceito para representar na Columbia Têxtil – 2006/2007
Organizadora e membro do Júri da 3ª Trienal de Tapeçaria – MAM – São Paulo, Brasil –1982.
Professora na Faculdade de Artes e Comunicações, Instituto Mackenzie – São Paulo, Brasil – 1979/1985.

EVA SOBAN é graduada em sociologia e política e ao longo de sua vida fez cursos livres em fotografia e artes plásticas. Iniciou seu envolvimento com o universo das artes através da fotografia e da pintura. Porém, o seu desejo inato de trabalhar com as mãos e o seu interesse em pesquisar a fundo o tecer (ato primordial do homem), fez com que substituísse a câmera e os pincéis pelos fios e pelas tramas. Mas não da forma como eram usados habitualmente. Ela abriu novas possibilidades para as mídias flexíveis, criando trabalhos esculturais e tridimensionais de fibra, que ajudaram a tirar o engessamento das categorias artísticas existentes na época.

Sua abordagem diversificada aos têxteis, usada como veículo de sua criatividade, a coloca entre as mais interessantes artistas atualmente. Ela explora materiais inusitados e novas formas, trazendo um vigor renovado à sua criação artística e à arte em geral.

Entre as exposições fora do Brasil, se destacam:

Bienal Internacional de Arte Têxtil – Madrid, Espanha – 2019.
“TraMares” – Centro Cultural Casa Brasil – Madrid, Espanha – 2019.
Bienal Internacional de Arte Têxtil – Montevideo, Uruguai – 2017.
“Parola Pax” – Fondazione Campana Caduti – Rovereto, Itália – 2014.
“Violeta” – Centro Cultural Recoleta – Buenos Aires, Argentina – 2012.
Bienal Internacional de Arte Têxtil – Cidade do México, México – 2011.
“Projeto Empezar” – Barcelona, Espanha – 2010.
“Arte Têxtil do Brasil” – Museu nacional do Traje – Lisboa, Portugal – 1996.
“A View of Today’s Brazilian Textile Art” – Museu Rudentarn – Copenhagen, Dinamarca – 1995.
Exposições em Museus Brasileiros:
“Floresta Negra” – Museu Afro Brasileiro – São Paulo, Brasil – 2016.
“Floresta Negra” – Museu de Arte de Joinville – Joinville, Brasil – 2016.
“Por um Fio” – Museu de Arte de Joinville – Joinville, Brasil – 2015.
“500 Anos de Design no Brasil” – Pinacoteca do Estado – São Paulo, Brasil – 2001.
“100 Designers do Brasil“ – Pinacoteca do Estado – São Paulo, Brasil – 1999.
1ª, 2ª e 3ª Trienal de Tapeçaria no Museu de Arte Moderna MAM – São Paulo, Brasil – 1976, 1979, 1982.
*Onde foi premiada em 1979.
Exposição de Arte Lúdica MASP – São Paulo, Brasil – 1979.
1ª Mostra Brasileira de Tapeçaria do Museu de Arte Brasileira – São Paulo, Brasil – 1974.

Outras Exposições:
“Arte da Lembrança, Memórias de um Futuro” – Galeiai Bianca Boeckel – São Paulo, Brasil – 2020.
“Contemporâneo” – Exposição Internacional de Arte Têxtil – São Paulo, Brasil – 2017.
“O Modernismo Brasileiro” – Galeria Passado Composto – São Paulo, Brasil – 2016.
“Tenet Tecendo na Net” – A Casa Museu do Objeto Brasileiro – São Paulo, Brasil – 2011, 2012, 2013.
Mostra Internacional de Arte Contemporânea – Paraty, Brasil – 2011.
“Á Deriva” –Galeria O´Barco – São Paulo, Brasil – 2011.
“O Ato e o Fato” – Anima di Sophia – São Paulo, Brasil – 2010.
“Artesãos do Brasil” – FAAP – São Paulo, Brasil – 2000.
Exposição na Galeria Arte Aplicada – São Paulo, Brasil – 1977.

Outras Atividades:

Criação e curadoria da Exposição TraMares – Casa do Brasil – Madrid, Espanha – 2019.
Juri da Bienal Internacional de Arte Têxtil Contemporânea – Madrid, Espanha – 2019.
Professora de Projeto Têxtil no Instituto Europeo de Design – São Paulo, Brasil – 2013
Diretora cultural do Centro Brasileiro de Tapeçaria Contemporânea – São Paulo, Brasil – 1979/1981
Convidada pela Santista Têxtil criou peça conceito para representar na Columbia Têxtil – 2006/2007
Organizadora e membro do Júri da 3ª Trienal de Tapeçaria – MAM – São Paulo, Brasil –1982.
Professora na Faculdade de Artes e Comunicações, Instituto Mackenzie – São Paulo, Brasil – 1979/1985.