Menu
  • galeria@zildafraletti.com.br
  • + 55 41 3026-5999 + 55 41 99164-2882
  • Zilda Fraletti

    Av. Batel, 1750 – lojas 08, 10 e 12

    Design Center – Batel

    CEP: 80.420-090

    Curitiba – PR – Brasil

  • galeria@zildafraletti.com.br
  • + 55 41 3026-5999 + 55 41 99164-2882
  • Zilda Fraletti

    Av. Batel, 1750 – lojas 08, 10 e 12

    Design Center – Batel

    CEP: 80.420-090

    Curitiba – PR – Brasil

Aquila

Rio de Janeiro, RJ – 1943

Desde 1965 Luiz Aquila participou de mais de uma centena de exposições no Brasil e no exterior com destaque para a 17ª Bienal de Veneza, a 18ª, a 19ª e 20ª Bienal Internacional de São Paulo, a exposição de obras em grandes formatos no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro em 1992, as três exposições simultâneas em São Pauloem 1993 no Museu de Arte Contemporânea da USP – Universidade de São Paulo, a retrospectiva no MASP – Museu de Arte de São Paulo, e obras recentes na DAN Galeria, São Paulo. Em 1995 realizou exposição individual no Centro Cultural Banco do Brasil, no Rio de Janeiro, RJ. Em 1998, Luiz Aquila realizou quatro exposições individuais (Paço Imperial e GB Arte, Rio de Janeiro, RJ; Galeria Nara Roesler, São Paulo, SP; e Fundação Jaime Câmara, Goiânia, GO). Em julho de 1999, realizou mostra individual no Museu da Mãe D’Água em Lisboa, Portugal. Em 2000 expôs com Burle Marx, na série “Afinidades Eletivas”, na galeria do TCE-RJ. Em 2001, participou da coletiva “Pintura a Pinceladas”, no Museu Imperial de Petrópolis; e também realizou painel de 12 mx 16 cmnos jardins do Museu Imperial. 2002 Exposição individual itinerante de obras sobre papel, por diversas cidades do Estado do Rio de Janeiro, organizada pelo SESC. Participou da “Mostra Caminhos do Contemporâneo” retrospectiva dos últimos 50 anos de arte no Brasil, no Paço Imperial-RJ. Ainda em 2002, “Luiz Aquila – Back in the UK”, na 32 Galerie, Londres. Atelier Finep, pintura instalação: “Canteiro de Obra”, no Paço Imperial-RJ. Em 2003, “Luiz Aquila no MAC Niterói”, antologia de 51 pinturas e 26 obras sobre papel, Museu de Arte Contemporânea de Niterói, e “Conexão Petrópolis”, no Museu Imperial, Petrópolis, RJ. Em 2004, “Luiz Aquila en Chile”, mostra individual, Santiago-Chile, na Galeria Matthei, em 2005 “Luiz Aquila no MUMA”,no Museu Metropolitano de Curitiba, na Galeria Márcia Barrozo do Amaral, Rio de Janeiro, “Gravuras e Desenhos Celestiais” como parte do projeto “Amigos da Gravura” no Museu da Chácara do Céu no Rio de Janeiro, e em 2006, na Galeria Valu Oria, Em 2008 participou da coletiva “After School”, em Bruxelas , Berlim e Roma,Exposição Núcleos Contemporâneos na Galeria Valu Oria, individual na Galeria Marcia Barrozo do Amaral e no Paço Imperial – Rio de Janeiro, e da coletiva MOYA em Viena. Em2009, participou da exposição coletiva “After School” no MUBE em São Paulo. Em 2010, obras em técnica mista para serem reproduzidas no livro Memória de um Sargento de Milícias, de Manuel Antônio de Almeida Ed. Cidade Viva, RJ. Em 2011, organiza e expõe na mostra A escolha do Artista na Galeria Patricia Costa. Em 2012 mostra retrospectiva intitulada “Quase tudo” no Paço Imperial,RJ. Em 2013, mostra comemorativa de 70 anos do artista, no Sesc Quitandinha, Petrópolis – RJ.
Luiz Aquila foi professor da Universidade de Brasília no período entre 1968 e 1972 e, também, da Escola de Artes Visuais do Parque Lage, Rio de Janeiro, RJ, entre 1979 e 1986, sendo diretor da EAV de1988 a 1990.

A obra de Luiz Aquila está presente, entre outras, nas coleções do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, do Museu de Arte Moderna de São Paulo, Museu Nacional de Belas Artes, Museu de Arte Contemporânea da USP/SP, Museu de Arte Contemporânea de Niterói (coleção João Sattamini), Museu de Arte Contemporânea de Curitiba, Ministério das Relações Exteriores, VARIG, IBM, BNDES, Chase Manhattan Bank e Banco Itaú e Itaú Cultural,Museu da Solidariedade Salvador Allende,San Tiago do Chile,Museu da Água de Lisboa,Portugal.